Cápsulas de Reflexão

AMADURECER

O que significa ser maduro? No mundo vegetal nós vemos que o amadurecimento se dá com o passar do tempo em que um broto se desenvolve até um fruto de colocação e sabor agradáveis para serem ingeridos. Isso me intriga porque com os seres humanos parece que a regra já não é amadurecer. Você percebeu isso?

Tenho percebido pessoas que tem reações incoerentes com o que se espera na idade cronológica delas em contextos diferentes. Não estou falando de um cenário de atendimento clínico em que a pessoa está vivenciando um adoecimento mental mais ou menos grave. Refiro-me as pessoas no contexto do dia a dia, na loja, no trabalho, na padaria… não quer dizer que estes não podem estar adoecidos mas do que se espera do papel destas pessoas na sociedade.

Auto responsabilidade, autonomia, equilíbrio emocional, capacidade de adaptação a situações problema, capacidade de resolver problemas… e então parece que o processo para chegar neste ponto perpassa por um tempo muito extenso já que o belo é ser jovem e ousado. As escolhas elas existem e eu posso decidir não amadurecer. Quais poderiam ser as consequências disto?

Diversos tipos de sofrimento psicológico (tristeza, ansiedade, transtornos e síndromes…). Por que? As exigências da vida adulta são diferentes, as situações são mais complexas e pressupõem que nesta faixa etária a pessoa já aprendeu a conquistar o equilíbrio emocional suficiente para adaptar e resolver. No entanto, eu sei que não é algo simples mesmo para aquelas pessoas que já amadureceram… mas pense só o quanto isso pode ser prejudicial para quem não amadureceu.

Amadurecer, para que? Por quê? Faça o movimento de se questionar sobre o seu amadurecimento como ele está. Você só pode conquistar novas habilidades emocionais se você decidir conscientemente por isso… caso contrário, o seu automático não irá te tirar da zona de conforto de continuar fazendo aquilo que você já faz. Já que, desta forma, você não precisa fazer nenhum para adquirir novas aprendizagens e é confortável!

_______________________
Nathália Brandolim Becker
Psicóloga e Psicóloga do Sono
CRP-PR 08/26241

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s